terça-feira, 17 de novembro de 2015

Força, meu velho



Ô Chico
Parece que lhe abandonaram de vez
Só querem pegar sua água para irrigar o solo
E assim levar as frutas que aqui nascem, para bem longe
Meu Chico
Lhe peço para ter mais força
Tem gente cuidando de você
e rezando para sua recuperação
Não chore, Chico
O Sertanejo e o Ribeirinho tem FÉ
Que a chuva há de chegar
E com ela suas águas correrá
Força, meu Velho!
"Roubo demais
Política demais
Promessa demais
Tristeza demais
O interesse tem demais!
Chuva não tem mais!"
(Súplica Cearense - versão O Rappa)
Postar um comentário