quinta-feira, 31 de março de 2011

Bahia empata sem gols com Paysandu em Belém e decisão fica para Pituaçu


O Bahia empatou sem gols com o Paysandu no Mangueirão, em Belém, na noite desta quarta-feira (30), pela primeira partida na segunda fase da Copa do Brasil. Os dois times voltam a se encontrar no dia 6 de abril, na partida de volta, que será em Salvador e decide a vaga para as oitavas de final. No segundo jogo, empate sem gols leva aos pênaltis e empate com gols faz com que o time de Belém avance - interessa ao Bahia somente a vitória.

O primeiro tempo foi marcado pelas expulsões e poucas chances real de gol. O Bahia começou com maior domínio de bola e buscando o gol. Aos 7 minutos, Robert recebeu um bom lançamento, mas na hora em que foi concluir Ari mandou para fora. O Paysandu mostrou que estava ligado na partida e pronto para aproveitar qualquer chance. Billy chegou a criar uma boa jogada tirando da marcação, mas Titi chegou na hora certa para cortar.

Aos 26 minutos, principio de confusão em campo. Depois que Titi deu um encontrão em um jogador do Paysandu, Mendes, ex-Bahia, deu um tapa no rosto do jogador e acabou sendo expulso, para reclamação dos jogadores do time da casa. Pouco depois foi Alex Oliveira quem levou um amarelo, ao simular um pênalti. Mas o Bahia não ficou muito tempo em vantagem numérica e já aos 35 minutos Ramon foi expulso após uma entrada mais dura.

No final do primeiro tempo, Dodô teve uma boa jogada pela esquerda, entrou na área e mandou cruzado, mas o Paysandu conseguiu afastar. Rafael Oliveira também teve a chance para o Paysandu, de cabeça no último minuto, mas mandou para fora.


Chances perdidas
No segundo tempo, o Bahia teve duas chances de ficar na frente do placar. Aos 12 minutos, a zaga do Paysandu errou e Marcos ficou com a bola na cara do gol, mas chutou em cima do goleiro, que mandou para fora. Foi a melhor chance da partida. Aos 24, foi Dodô quem criou uma boa chance ao driblar Hebert e chutar de fora da área - a bola saiu, mas passou perto do gol de Fávaro. Aos 27, Zezinho arrancou pela esquerda e cruzou buscando Dodô ou Rafael, mas a zaga do Paysandu mandou para escanteio.

O Paysandu também arriscou, mas menos - aos 28, Zé Augusto chutou de fora da área e Omar deu um susto, defendendo em dois tempos. O Bahia, por sua vez, colocou Rafael e Camacho em campo para tentar abrir o placar. Já o Paysandu trocou o artilheiro Rafael Oliveira por um volante para tentar se segurar - o time errou em muitas saídas de bola, mas o Bahia não conseguia aproveitar.

Dodô cruzou para a área, mas Rafael não conseguiu chegar nela; Marcos se aproveitou de mais um erro da zaga do Papão para ficar com a bola e avançar, mas novamente chutou em cima do goleiro e perdeu a oportunidade de marcar. O Bahia ainda teve uma última chance aos 46 minutos, mas Fávaro novamente avançou e fez a defesa.


Fonte:Correio da Bahia

Postar um comentário