sábado, 28 de maio de 2011

Solteira, Alinne Rosa curte dias de folga no Rio: ‘Nunca fui de passar o rodo’


Alinne Rosa aproveitou uma brecha entre um show e outro do Cheiro de Amor e curtiu uns dias de folga no Rio de Janeiro. A cantora gosta tanto da cidade que pretende comprar um apartamento por aqui. “Gosto muito do Leblon, bairro que nunca dorme”, conta. Nesta recente temporada carioca, ela teve tempo para rever amigos, se jogar na balada e até ir às compras. Estivemos com a cantora quando ela experimentava peças no ateliê da estilista Giulia Borges, no Jardim Botânico, na Zona Sul da cidade.

“Pesquiso muito sobre moda para não fazer feio. No carnaval deste ano me vesti com Vitor Dzenk, e no ano passado, com Fause Haten”, diz. “Mas no dia a dia gosto de jeans, camiseta e chinelo. Se deixar, saio de pijama! Vivo no palco, sempre com brilho, maquiada, então quando posso, relaxo.”

Quem vê Alinne, de 29 anos, nas apresentações custa a imaginar a cantora de camisolão. Os figurinos são sempre um show à parte, geralmente com decotes generosos e bem curtinhos. “No palco tenho que seduzir o público, vale ser provocante. Mas nada vulgar, tipo Valesca Popozuda, porque sou discreta.”

a/EGO/Marcos Serra Lima

'Se deixar, só como doce. Amo pirulito e jujuba', conta Alinne, que mede 1,67m e pesa 58kg

O público, porém, não se faz de discreto e repara mesmo na boa forma de Alinne, que já figurou até em lista das mais sexy de uma revista. “Acho graça dessa coisa de símbolo sexual. Não me sinto assim, não.”

Para manter os pernões e tudo mais em cima, ela conta com o acompanhamento de uma nutricionista – “às vezes ligo para ela quando quero comer mais” – e de um personal trainer. “Se deixar, só como doce. Amo pirulito, jujuba, qualquer doce de criança”, conta. “Mas não passo fome. Como muita proteína para dar massa muscular.”

Solteira
Nos últimos tempos, tem muita gente de olho em Alinne e em sua boa forma. Isto porque a cantora está solteira, após um breve namoro com George Brandão. “Estou sozinha há uns dois meses. Mas estou sossegada”, afirma. Apesar de ter sido fotografada em clima de intimidade com Danton Mello, ela nega que tenha um affair com o ator. “Não está rolando nada. Somos amigos. Nos falamos sempre, mandamos mensagens por celular, Facebook... Mas ninguém dorme na casa do outro”, diz, rindo.

Os namoros mais longos de Alinne foram com o herdeiro do banco Itaú, Bruno Setúbal, que terminou em 2010, e com Rodrigo Neto, da banda Detonautas. Com este último, eles namoravam havia dois anos quando o guitarrista morreu em um assalto, em 2006. Alinne fez duas tatuagens em homenagem a ele, um coração e um símbolo do infinito, uma em cada pulso, e ainda chora quando fala sobre ele. Com um fã, teve apenas uma experiência. “Isso aconteceu há uns oito anos. Namorei um rapaz que conheci num show meu. Rolou uma paquera no camarim. Ele era de São Paulo, e ficamos juntos uns seis meses”, lembra.

a/EGO/Marcos Serra Lima

Alinne passa as madrugadas na internet. 'Sofro de insônia', diz

Madrugadas na internet

Apesar de namoradeira, Alinne garante que não está à caça. “Nunca fui de passar o rodo. Não acostumo nem com essa coisa de carnaval, com essa beijação toda. Quando eu ia assistir, ficava admirando os cantores e não beijava ninguém, saía lisinha”, conta ela, que agora só pensa no próximo CD.

Em agosto, o Cheiro de Amor – Alinne tem contrato com o grupo até 2014 - começa a gravar um álbum de inéditas, após lançar dois ao vivo. “Desde que era adolescente, sofro de insônia. Então tenho aproveitado as madrugadas para pensar neste novo trabalho e para compor músicas.”

Alinne chega a ficar acordada até as 10h da manhã. Nas longas noites, também passa horas na internet. Adora falar com fãs e amigos no Twitter e no Facebook e não resiste a umas comprinhas online. Sua atual mania é comprar lingerie. “Às vezes elas vêm pequenas, outras grandes demais. Mas acaba dando certo”, diverte-se. “Uma vez também fiz uma reforma na minha casa e comprei metade da minha cozinha pela internet”, conta ela, que mora num apartamento no bairro do Rio Vermelho com o cachorrinho da raça yorkshire Eduardo. Uma dica: não ligue para Alinne antes do meio-dia. “Se durmo pouco, fico mal-humorada”, diz, gargalhando.



Fonte:EGO

Postar um comentário