domingo, 19 de junho de 2011

Jóbson marca aos 47 minutos e Bahia vence a primeira do Brasileirão

O Bahia está, definitivamente, de volta à Série A. Com uma grande exibição e na velocidade, o Tricolor surpreendeu o atual campeão brasileiro no Engenhão, neste sábado (18), e venceu o Fluminense por 1 a 0. Depois de inúmeras chances perdidas, o time baiano chegou ao gol com Jóbson nos acréscimos do segundo tempo. A partida marcou as estreias do meia Carlos Alberto e do atacante Júnior.


O Bahia explorou a velocidade de Jóbson e Ávine e as investidas de Jancarlos na direita

Com a primeira vitória na Série A 2011, o Bahia soma cinco pontos na tabela, deixa a zona de rebaixamento e assume o 14º lugar. O Fluminense é o 10º, com seis pontos. O Bahia volta a campo no próximo sábado, quando visita o Atlético-PR, às 18h30, na Arena da Baixada. O Fluminense, no domingo, vai até a Ressacada enfrentar o Avaí. Os jogos valem pela sexta rodada da Série A do Brasileirão.

Surpresa logo na escalação. René Simões optou por começar o jogo com Carlos Alberto em lugar de Ricardinho. Assim que o jogo começou, o Bahia teve uma baixa. Na primeira jogada, Souza dividiu com Edinho, se machucou, e precisou ser substituído. Em seu lugar, Júnior entrou para fazer sua estreia e dar nova dinâmica. Logo aos seis minutos, o 'Anjo Loiro' mostrou serviço. Ele recebeu de Carlos Alberto, chutou, mas Diego fez grande defesa.

O Bahia dominou a partida nos primeiros minutos, mas não criava jogadas eficientes. Aos poucos, o Flu foi equilibrando o jogo e assustando o goleiro Lomba. Aos 18, Mariano chutou de longe e exigiu grande defesa do camisa 1 tricolor. Aos 27, Conca levantou bola na área, Fred cabeceou no segundo pau e Lomba fez milagre. Aos 41, o Bahia respondeu com Diones em chute de fora da área, mas a bola desviou e ganhou a linha de fundo.

Mas foi no segundo tempo que o Bahia mostrou sua força. Explorando a velocidade de Jóbson e Ávine e as investidas de Jancarlos na direita e Júnior fazendo bem o papel de pivô, o Tricolor passou quase todo o segundo tempo jogando no campo do adversário e criando inúmeras chances de gol. Logo aos dois minutos, Jóbson chutou da grande área, mas Diego Cavalieri fez grande defesa.

Aos 8, Carlos Alberto experimentou de fora da área e a bola passou por cima do travessão. Aos 13, Jancarlos cobrou falta da entrada da área e Diego fez nova defesa. O Flu respirou apenas aos 25, quando Souza arriscou de longe e acertou a trave. Mas, aos 30, o Bahia fez o mesmo. Ávine tocou para Jóbson dentro da área e o atacante bateu forte, mas mandou no poste direito.

Dominando o meio-campo e sem resistência dos donos da casa, o Bahia chegava fácil à meta do Fluminense. As chances se seguiam, mas ou o Bahia pecava na hora de finalizar ou o goleiro Diego Cavaleri intervia. Aos 32, Jancarlos arriscou de longe e o camisa 1 do Flu espalmou. Aos 36, após tabelinha entre Jóbson e Júnior, o Anjo Loiro chutou rente à trave esquerda de Diego.

Aos 37, em investida de Lulinha pela direita, o meia-atacante cruzou para a chegada de Fahel, que pegou mal na bola e o chute saiu fraco. O Flu respirou novamente no fim do jogo, quando, aos 40, Fred completou cruzamento de cabeça e obrigou Lomba a fazer boa defesa. Quando o jogo se encaminhava para o empate sem gols, o Bahia disparou no último contra-ataque, aos 47. Ávine passou para Jóbson dentro da área e ele tocou no alto, na saída de Diego para registar o primeiro triunfo do Bahia na Série A 2011.

Fluminense 0 x 1 Bahia - 5ª rodada Série A do Brasileiro
Data: 18/06/2011 (sábado), às 18h30
Local: Engenhão, no Rio de Janeiro
Arbitragem: Alício Pena Júnior (MG), auxiliado por Márcio Eustáquio (MG) e Emerson Carvalho (SP)

Fluminense: Diego Cavalieri; Gum, Edinho e Márcio Rosário; Mariano, Souza, Valência, Conca (Matheus Carvalho) e Carlinhos (Marquinhos); Fred e Ciro (Rafael Moura). Técnico - Abel Braga

Bahia: Marcelo Lomba; Jancarlos (Marcos), Paulo Miranda, Titi e Ávine; Marcone, Fahel, Diones e Carlos Alberto (Lulinha); Souza (Júnior) e Jóbson. Técnico - René Simões


Fonte:Correio da Bahia

Postar um comentário