quinta-feira, 9 de junho de 2011

Nuvem de vulcão causa fechamento de aeroporto no Rio Grande do Sul

O aeroporto de Bagé, no Rio Grande do Sul, foi fechado preventivamente por volta de 18h30 desta quinta-feira (9) por causa da nuvem do vulcão chileno Puyehue. Segundo a Força Aérea Brasileira (FAB), a nuvem está a uma altidade a partir de 1.500 metros e ainda não tocou o solo.

De acordo com a FAB, a nuvem atrapalharia principalmente as aeronaves previstas para pousar no terminal. Às 20h30, segundo a FAB, o Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, funcionava normalmente.

As previsões indicam a possibilidade de a nuvem chegar a Porto Alegre no final da noite, caso as condições meteorológicas sejam mantidas

Desde a erupção do vulcão, em 4 de junho, voos para os cinco países foram prejudicados pela nuvem de cinzas. Além do Chile, decolagens para Argentina, Paraguai, Uruguai e Peru chegaram a ser suspensas.

Nesta quinta, todos os voos internacionais e domésticos dos aeroportos de Buenos Aires foram cancelados. Os aeroportos da Patagônia, no Sul, permanecem fechados desde a erupção do vulcão Puyehue, no sábado. A nuvem vulcânica também atingiu o Uruguai e provocou o cancelamento da maioria dos voos do aeroporto internacional de Montevidéu.

Companhias aéreas
A Gol informou, por nota oficial, que vai suspender as operações nos aeroportos de Florianópolis, Chapecó e Navegantes, em Santa Catarina a partir das 4h desta sexta-feira (10). Durante a tarde, a empresa havia anunciado o cancelamento dos voos que partem e seguem para Porto Alegre e Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, além de Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu (Uruguai).

De acordo com a empresa, a decisão foi tomada pela possibilidade do avanço das cinzas do vulcão chileno Puyehue sobre o espaço aéreo do estado.

A Gol pede a clientes com viagens marcadas nesta quinta-feira para entrar em contato com companhia pelo telefone 0800-7040465. Para efetuar a remarcação sem custos ou optar pelo cancelamento com reembolso integral da passagem, o passageiro deve entrar em contato pelo 0300-115-2121. A Central de Relacionamento está disponível nos números 0810-266-3232 na Argentina e 5098-2403-8007 no Uruguai. As informações são do G1.

Postar um comentário