sábado, 18 de junho de 2011

No reencontro de Abel com a torcida, Flu pega o Bahia

O Fluminense encara o Bahia, neste sábado, no jogo que marca o reencontro do técnico Abel Braga com a torcida tricolor após seis anos. Além disso, o comandante do time carioca faz seu primeiro jogo da carreira no Engenhão. A partida tem início às 18h30m (horário de Brasília).

Após os maus resultados do último fim de semana, as duas equipes buscam a reabilitação. O Fluminense, que terá a estreia de Ciro, foi derrotado pelo Corinthians e quer vencer para se aproximar do bloco da frente. Por sua vez, o Bahia precisa de um bom resultado depois de empatar com o Atlético-MG em casa. Com dois pontos, o tricolor baiano está na zona de rebaixamento.

O SporTV exibe a partida para todo o Brasil, exceto para o Rio de Janeiro. O Premier Futebol Clube (PFC) transmite a partida ao vivo para todo o país. O GLOBOESPORTE.COM acompanha o duelo em tempo real, com vídeos. Alício Pena Júnior (MG) apita a partida auxiliado por Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Emerson Augusto de Carvalho (SP).

header o que esta em jogo

Fluminense: após a derrota para o Corinthians, no último fim de semana, no Pacaembu, o Fluminense caiu para a décima posição e se distanciou do topo da tabela. Neste sábado, no reencontro do técnico Abel Braga com a torcida tricolor, uma vitória será fundamental para dar confiança ao grupo e iniciar uma arrancada rumo às primeiras posições do campeonato. Em 2010, quando conquistou o título, o Tricolor começou na quinta rodada uma série invicta que só terminaria na última partida do primeiro turno.

Bahia: o Tricolor baiano ainda busca a primeira vitória na Série A do Campeonato Brasileiro, depois de dois empates dentro de casa e duas derrotas fora. Com a ausência de triunfos, o clima está pesado no Fazendão, ainda mais com a proximidade do julgamento do atacante Jobson pela Corte Arbitral do Esporte. Uma vitória neste fim de semana pode resgatar a confiança da torcida e levantar a moral dos jogadores, que têm pela frente mais um confronto em terreno inimigo, no dia 25 de junho, contra o Atlético-PR.

header as escalações 2

Fluminense: Apesar dos problemas com lesões, o Fluminense está confirmado para a partida deste sábado. E com cinco mudanças em relação ao time que foi derrotado pelo Corinthians. O zagueiro Márcio Rosário e o atacante Ciro farão suas estreias com a camisa tricolor. Eles entram nas vagas dos lesionados Leandro Euzébio e Araújo. No meio, Souza substitui Deco, outro sem condições de jogo. A quarta mudança será no gol: Berna foi barrado e Diego Cavalieri, que não atua há quatro meses, terá nova oportunidade. Já na lateral-esquerda, Julio Cesar foi outro a perder sua posição. Carlinhos joga. O Tricolor irá a campo com: Diego Cavalieri, Mariano, Gum, Márcio Rosário e Carlinhos; Edinho, Valencia, Souza e Conca; Ciro e Fred.

Bahia: na zaga, o técnico René Simões confirmou a entrada de Paulo Miranda no lugar de Thiego, afastado dos gramados por três semanas devido a uma pubalgia. No meio-campo, o treinador fez mistério e revelou apenas que pretende formar a equipe com três volantes - um deles deve ser Marcone, que volta de lesão. No entanto, com a regularização de Carlos Alberto, René ainda pode promover mudanças de última hora. O Bahia deve entrar em campo neste sábado com a seguinte escalação: Marcelo Lomba; Jancarlos, Titi, Paulo Miranda e Ávine; Marcone, Fahel, Diones e Ricardinho; Jobson e Souza.

quem esta fora

Fluminense: Na última semana, o técnico Abel Braga perdeu quatro jogadores por lesão, sendo três com problemas musculares. Assim, ele não contará neste sábado com o zagueiro Leandro Euzébio, o apoiador Deco e os atacantes Rodriguinho e Araújo. Sem falar no zagueiro Digão, que ainda se recupera de um estiramento na coxa direita, sofrido em março, ainda pelo Campeonato Carioca.

Bahia: com uma pubalgia, o zagueiro Thiego está de molho por três semanas. Já Magno, que ainda não estreou com a camisa tricolor, continua aprimorando a parte física.

header pendurados

Fluminense: o zagueiro Leandro Euzébio, que está machucado e não tem previsão de retorno ao time.

Bahia: Marcone e Jobson

header fique de olho 2

Fluminense: depois de três semanas apenas treinando graças a problemas burocráticos, o atacante Ciro finalmente fará sua estreia pelo Fluminense neste sábado, contra o Bahia. Com 22 anos, o jovem é uma das grandes apostas do Tricolor para formar ao lado de Fred uma dupla de ataque de respeito.

Bahia: neste sábado, o meia Carlos Alberto deve atuar pela primeira vez com a camisa do Bahia, mesmo que seja apenas por alguns minutos. Depois de perder 4 kg em dez dias, o jogador acumulou fome de bola e tem arrebentado nos treinos. Se Carlos Alberto entrar em campo, a torcida pode esperar uma grande atuação para compensar o longo tempo que o meia passou longe dos gramados.

header o que eles disseram

Abel Braga, técnico do Fluminense: “O Bahia ainda está se ajustando no campeonato, mas é um time de qualidade. Não sei qual a formação que eles vão usar. Podem vir com três volantes e por isso vamos jogar com laterais mais agudos, para agredir”.

René Simões, técnico do Bahia: “Se o Fluminense deixar, vamos atacar. Na casa deles, quem manda são eles. Se pegarmos os resultados, a cada dez jogos de uma rodada, dificilmente três visitantes ganham o jogo. Mas é óbvio que um jogo de 90 minutos tem vários jogos em um só”

header números e curiosidades

* O Fluminense não perde para o Bahia pelo Brasileiro há 21 anos. A última derrota do time carioca foi no dia 4/10/90. O Bahia venceu essa partida por 4 a 1.

* Nas últimas 11 partidas entre Fluminense e Bahia pelo Brasileiro, a equipe carioca venceu seis. Cinco desses confrontos terminaram empatados.

* Em quarenta jogos realizados neste Brasileiro, nenhum terminou sem gols. No histórico entre Fluminense e Bahia, em 29 partidas, apenas quatro terminaram sem gols.

header último confronto v2

Fluminense e Bahia se enfrentaram pela última vez em 2007, pela Copa do Brasil. A partida, realizada em Salvador, terminou empatada em 2 a 2. Emerson abriu o placar para a equipe da casa. Cícero deixou tudo igual ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, Fabio saci voltou a colocar o Bahia em vantagem, mas Soares deu números finais ao duelo.


Fonte:Globoesporte.com

Postar um comentário