sábado, 18 de junho de 2011

Quatro pessoas morrem na queda de helicóptero em Porto Seguro, diz PM

A Polícia Militar (PM) informou durante a madrugada deste sábado (18) que quatro pessoas morreram após a queda de um helicóptero nas águas da praia de Ponta de Itapororoca, em Porto Seguro, litoral da Bahia. Mariana Noleto, nora do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, continua entre os desaparecidos.

Uma das vítimas, Fernanda Kfuri, 35 anos, chegou a ser resgatada com vida, mas morreu no hospital regional Luis Eduardo Magalhães, em Porto Seguro. De acordo com informações da Polícia Civil de Porto Seguro, já foram reconhecidos mais três corpos: Luca Kfuri de Magalhães Lins de três anos e Gabriel Kfuri Gouveia de dois anos, filhos de Jordana Kfuri Cavendish, que ainda está desaparecida. A polícia confirmou também a morte de Norma Batista de Assunção de 49 anos, babá das crianças.

O acidente ocorreu na noite de sexta-feira (17). Equipes dos bombeiros e da Marinha seguem no mar na busca por vítimas, pois, segundo testemunhas a aeronave transportava sete pessoas. A Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia) disponibilizou iluminação na região para realização da operação.

De acordo com informações do Jacumã Ocean Resort e da polícia, para onde estavam sendo levados os passageiros, quem pilotava o helicóptero era o empresário e sócio do empreendimento, Marcelo Mattoso Almeida. O piloto comandava um helicóptero modelo Esquilo, de prefixo PR-OMO. Os passageiros saíam de um jantar em outro resort e seguiam para o Jacumã, ambos em Trancoso.

Namorada do filho do governador do Rio
Por volta das 23h, o microblog Twitter do governador do Rio, Sergio Cabral, informou que uma das pessoas a bordo do helicóptero é Mariana Noleto, namorada de seu filho, Marco Antônio Cabral.

O secretário-chefe da Casa Civil do Rio de Janeiro, Regis Fichtner, informou que o governador está em Porto Seguro e acompanha os trabalhos de busca e resgate. Fichtner também seguiu para a região.

A mãe da Mariana Noleto, Márcia Cristina Massena Fernandes Noleto, afirmou ao G1 na madrugada deste sábado que ainda aguarda por mais notícias sobre o desaparecimento da filha. “O corpo dela ainda não foi encontrado, mas ela não morreu, como estão dizendo por aí. Eu tenho certeza disso, sinto isso. Minha filha ainda está desaparecida. Eu ainda tenho esperanças de que vão encontrar a minha Mariana viva”, disse Márcia Cristina.

O pai de Marina, Hélio Aquino Noleto, embarcou para Porto Seguro, informou no início desta madrugada Victor Massena, tio da jovem.


Fonte:G1

Postar um comentário