sábado, 16 de julho de 2011

Em clima 'relax', Brasil bate Itália e fecha a Copa Internacional invicto

Quem foi ao ginásio Nilson Nelson, em Brasília, na manhã deste sábado não se arrependeu e viu um grande jogo no encerramento da Copa Internacional Feminina de Vôlei. Mais entrosada do que nos dois primeiros dias de competição, a Itália equilibrou o duelo, mas o Brasil fez prevalecer sua qualidade. Com uma vitória por 3 sets a 0, parciais de 25/18, 25/22 e 27/25, a seleção brasileira venceu pela terceira vez na competição amistosa e permanece invicta nesta temporada. No fim do jogo, a comemoração contou até com dança do João Sorrisão.

Depois de duas vitórias, o clima da seleção brasileira para seu último compromisso pela Copa Internacional era de descontração. O técnico José Roberto Guimarães passeava com seu neto no colo. Antes da entrada do time, Paula Pequeno parou na arquibancada para um último alô. Enquanto esperavam em quadra pelo aquecimento, as jogadoras brincavam e até ensaiavam passos de dança. Era a última partida em casa antes de uma maratona de viagens pela Ásia, Peru e México. O Grand Prix começa no dia 5 de agosto.

Mas, quando a partida começou, as brincadeiras ficaram de lado. Melhor do que nos dois dias anteriores, a Itália deu trabalho para as brasileiras. Aos poucos, porém, o Brasil foi encontrando seu ritmo e passou a dominar o jogo, empurrado pela torcida, que deixou para chegar em cima da hora. Em um bloqueio de Fabiana e Sheilla, o time da casa saiu na frente, fechando o primeiro set por 25/18.

O segundo set foi ainda mais equilibrado. O ataque brasileiro funcionava bem, mas a Itália respondia na mesma moeda. Mesmo quando o Brasil abriu quatro pontos (20/16) e parecia ter definido a parcial, as europeias foram atrás e empataram novamente (22/22). Mas a equipe comandada por Zé Roberto voltou a acertar mais e, em um ataque de Mari, fez 2 a 0 com um 25/22.

O jogo se manteve disputado na terceira parcial. Apenas no segundo tempo técnico o Brasil conseguiu um pouco de alívio no placar, ao abrir três pontos (16/13). As brasileiras chegaram a abrir cinco pontos (19/14), mas, defendendo bem, a Itália conseguiu empatar outra vez o duelo em 22/22. José Roberto Guimarães então pediu tempo. O confronto seguiu emocionante, com as equipes se alternando na frente do marcador. Mas, depois de um ataque de Mari e um bom saque de Sassá, o time da casa , fechou o set em 27/25 e ganhou o jogo por 3 sets a 0, para a festa da torcida.


Fonte:Globoesporte.com
Postar um comentário